2 de jun de 2011

Limite.

Não estou dizendo ‘’me desculpe’’.
Um dia talvez nos encontraremos mais uma vez.
Não, não!
Não me lembro de você.
Não, não!
Nunca fui a culpada.
É verdade não me lembro de você!
Não, não!
Eu vou viver minha vida...
Cada vez parte perto do limite.
Sei que estou cada vez mais perto,
Do seu limite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário