2 de jun de 2011

Relógios...

Meu passos felizes!
Minhas forças bem capacitadas,
Me sinto tão salva,
Tão, tão adiantada...
Relógios, relógios.
Por favor nunca atrase.
Meus relógios,
Minhas falas,
As facas sumiram.
Lagrimas de emoção.
Solidão atrazada.
Felicidade,
Religio... Alegre!
Vale o risco sofrer.
Esquecer a dor,
Para começar a sorrir denovo.
Me lembro.
Gritei com marcas ruins.
Encontrar uma pessoa.
Um momento,
Sim, vale o risco...
Nunca estive tão bem.
Depois do que vivi amargamente.
Estou curada.
Sim, eu estou curada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário