30 de mai de 2011

Não existe vida sem você.

Eduardo será capaz de esperar por muito tempo. Eu só queria... Um poouco de paz. Então escolha, de que lado vai jogar, pois ao meu lado está sobrando lugar... Ele é seu, eu sou seu. No meu passado você não pode ficar... Eduardo chora desesperadamente como se lágrimas fossem converser-te que tudo ficará bem, já vivi tanto, sofri tanto... Eu só queria um pouco de paz! Só se organize, bem.. Ainda digo que você brilha mais do que qualquer outra pessoa. Porque não desistir? Porque não te deleto da minha vida? Por quanto tempo vou tentar? Estou me desgastando, envelhecendo, amadurecendo? Estou ganhando tempo, perdendo tempo, sofrendo, sorrindo, não sei mais quem sou. Mas porque me escolheu? Porque quanto tempo será assim? Sua alma esta diferente. Sim, eu estou amando mais uma vez. Calma! Não diga não agora, espere um momento, espere um momento, por favor, espere esse momento. Aqui, permanece a minha devoção a você. Vou te amar e demosntrar, vou te amar pra sempre, todo sempre. Você é o primeiro, sempre será o primeiro. Ah como eu amo estar contigo, eu preciso tanto disso. Mas me responda... Porque você insiste em dizer que existe vida sem você?

Nenhum comentário:

Postar um comentário